Usar o carro como entrada na compra de imóveis

Usar o carro como entrada na compra de imóveis

Cada vez mais imóveis estão sendo vendidos aceitando carros como entrada. O mercado imobiliário tem sido impulsionado mais ainda durante os últimos tempos por aceitarem essa opção.

O sonho de muitas pessoas é a casa própria, conquistar essa aquisição tem feito parte da vida de muitas famílias no Brasil. Porém não é algo fácil, comprar uma casa ou apartamento parece ficar mais complicado, por conta do processo e dos valores. 

Para as pessoas que querem comprar um imóvel, precisam fazer muito planejamento na área financeira, além de ter que se programar para juntar o dinheiro por anos ou até mesmo entrar em um financiamento e pagar a casa por mais tempo ainda.

Para facilitar essa luta, chegou uma nova tendência no mercado, mesmo que já acontecia em alguns tipos de contratos, hoje está ficando mais comum essa opção. Utilizar o carro como entrada para um imóvel ou pelo menos, para uma parte do valor, tem sido uma opção que as imobiliárias e construtoras têm apresentado para o comprador.

Com isso, esse tipo de prática tem facilitado para muitas pessoas conseguirem ter acesso a casa ou apartamento próprio de maneira mais rápida e segura.

Por que as imobiliárias e construtoras estão aceitando essa opção?

Algumas pessoas podem se perguntar da onde surgiu essa ideia de aceitar carro e porque as empresas estão começando a aceitar mais essa opção. Todos os dias, surgem novas ideias de como transformar a economia e o pensamento dos clientes, se for uma ideia boa, ela é lançada no mercado para os profissionais usarem.

Consequentemente, os segmentos relacionados com aquela ideia precisam se adaptar à nova tendência para que seja possível sempre estar mais próximo de seus consumidores, que também acompanham essas transformações.

Portanto, o mercado imobiliário, para continuar crescendo de forma constante como alguns outros mercados, precisou flexibilizar os seus termos para continuar com a proximidade com seus potenciais clientes. E uma dessas medidas foi a opção de aceitar o carro como forma de entrada ou pelo menos para parte do valor. Isso tem se tornado muito comum em várias regiões do Brasil.

Por que usar o carro como entrada?

Hoje é possível vermos como tem mais opções de transportes públicos e formas de se locomover para outros lugares. Com isso, a comodidade, segurança, economia e até mesmo as mudanças de hábitos, tem levado as pessoas a abrirem mão do carro.

Consequentemente, pessoas que já tem um carro e vão se mudar para perto de estações, lugares que tem muitas opções de transportes ou até mesmo, uma boa opção de carros de aplicativo, ficam com o carro parado na garagem. Mesmo com o carro parado, continuam tendo as despesas, pois tem diversas coisas que um carro precisa para estar em dia.

Além disso, o carro pode aumentar de forma significativa o poder de compra, ele possibilita reduzir o tempo de financiamento e o valor das prestações também. Com isso, podemos ver que dar um automóvel na compra de um imóvel, seja um apartamento, casa ou até uma sala comercial, é um investimento mais rentável do que manter ele parado.

Vale a pena utilizar o carro como entrada do imóvel?

Conheça aquela frase: “cada caso é um caso”, então, essa frase pode ser aplicada aqui também. Cada caso é particular e vai conforme as circunstâncias e necessidade da pessoa. Se ela realmente não está mais utilizando o carro, vale sim a pena, porém precisa ser analisado no geral.

Porém, em termos mais gerais, existem diversas vantagens de utilizar o carro como entrada para comprar um imóvel, veja algumas dessas vantagens:

  • Vai dar um destino ao carro que fica mais tempo parado na garagem do que sendo utilizado;
  • Pode reduzir o tempo ou valor (ou os dois) de prestações de um financiamento;
  • Possibilidade de completar o orçamento que tem para realizar o sonho de comprar uma casa, apartamento ou uma sala comercial de forma mais rápida e segura;
  • Conseguir uma avaliação boa ou considerável na revenda do automóvel (algumas imobiliárias ou construtoras pagam até 90% da tabela FIPE de um carro usado. O que não acontece muito caso você venda o carro para uma concessionária);
  • Aumentar o poder de compra.

Como fazer para utilizar o carro na compra de um imóvel?

Bem, primeiro precisa entender que nem todas as imobiliárias e construtoras já estão aceitando a opção do carro como entrada. Portanto, o primeiro passo para essa opção é encontrar uma construtora ou imobiliária que possuam as seguintes características:

  • Avalie o seu automóvel com o maior valor possível;
  • Aceite o carro como opção de negociação;
  • E por fim, que tenham uma variedade de imóvel para que você possa avaliar se é isso que está procurando e encontrar aquele que atende às suas necessidades.

Gostou desYes ABC ImóveisImobiliária em Santo André.
Gostou deste conteúdo? Confira outras matérias em nosso blog.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: